Agents of SHIELD 4x7e8 – Review

E Agents of SHIELD segue mantendo um nível bem interessante de qualidade nesse seu quarto ano. Com o horário alterado, agora sendo exibida mais tarde, uma trama mais sombria e até adição de sangue em algumas cenas de ação são as principais novidades narrativas.

O episódio anterior acabou quando o vilão Elli Morrow (tio do Motorista Fantasma) adquiriu o poder de criar matéria do nada. Durante o processo que lhe deu poderes, Coulson, Fitz e o Motorista foram transportados para outra dimensão, atuando na mesma área dos “fantasmas” dos episódios anteriores.

Até ai nada surpreendente, porém esse conceito de dimensões vai ao encontro do que foi visto no filme do Dr. Estranho. Após ficarem muito tempo nesse outro mundo,  o trio passa a ser absorvido por algo que lembra muito a dimensão negra de Dormmamu.

O episódio 7 não avança muito em termos de trama, mas consegue encontrar uma solução narrativa que justifique essa “enrolação”. Ambas dimensões geograficamente situam-se no mesmo lugar físico, então a história alterna entre o que está acontecendo com Coulson, Fitz e Motorista e como os demais agentes da SHIELD se viram para salvar os amigos desaparecidos.

O destaque vai para a AIDA, que salva o dia e se mostra cada vez mais uma personagem que ainda tem muito o que mostrar na série. Ela é a única que consegue ler o livro Darkhold sem ser corrompida por ele e descobre como criar um portal que traga os agentes da outra dimensão.

shield1

Assim que o Motorista volta para dimensão principal, parte direto para enfrentar o seu tio. O episódio é recheado de dobradinhas super-poderosas muito interessantes. Yo-Yo, Diretor Mace, Tremor, Motorista Fantasma e até a AIDA tiveram suas cenas, com direito a muito slow motion e efeitos especiais.

shield1-copia-2

 

No final das contas, descobrimos que Morrow não estava criando matéria do nada. Ele estava roubando energia da dimensão negra e nem fazia ideia. E ao fazer isso, cada vez mais desequilibrava a barreira que a divide com o nosso mundo. AIDA recria a máquina que montou para abrir o portal no episódio anterior e tanto o Motorista quanto seu tio são absorvidos. Reyes poderia ter sobrevivido, mas o espirito da vingança falou mais alto e acabou sendo sacrificado também. Mas vamos lá, né? Sabemos que ele voltará, só não sabemos se na SHIELD ou produção própria.

shield1-copia-3

Com o dia salvo, chegaram as conclusões de plots. Perante a imprensa inteira, o Diretor Mace fala que Tremor sempre foi uma agente infiltrada da SHIELD e limpou o nome da garota. Mack e Yo-Yo finalmente engataram de forma oficial um relacionamento. Mace agora confia plenamente na equipe e até autorizou que o Dr. Radcliffe continue trabalhando com a AIDA, desde que seja nos laboratórios e com supervisão da SHIELD.

shield1-copia-4

OBS: Na cena pós-crédito deste episódio, descobrimos que a Agente May foi substituída por um MVA (Modelo de Vida Artificial). Ou seja, a original está sendo mantida em cativeiro pela AIDA e uma cópia robótica está infiltrada na SHIELD.

Esse plot pode ser uma adaptação da invasão secreta, saga da Marvel nos quadrinhos onde alienígenas com o poder de alterar sua forma, invadem a Terra e se infiltram nos mais diversos locais da sociedade. Com isso, não sabemos mais em quem podemos confiar. No fundo, é algo semelhante ao que aconteceu no ataque da HIDRA.

Esse plot da substituição deve ser o grande motor do restante da temporada. Vamos ver como tudo de desenrolará.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s